Sexta-feira, 28 de Janeiro de 2005

A minha ida a Santarém

Ontem tive de ir a Santarém.


Levantei-me cedo, pois tinha de lá estar por volta das 10 h


Não havia muito trânsito, pelo que a viagem correu bem


Aproveitei para olhar um pouco para o que rodeia a auto-estrada …


- ao km 4,5 há um cartaz a anunciar um Festival de Arroz Doce em Nov/2004


- ao km 12,6 há uma bonita parede em cimento que tem um buracos onde estão umas bonitas flores


- ao km 15 existe uma bela casa em tons de azul, do lado esquerdo da auto-estrada


- ao km 20,6 há 3 bonitas palmeiras do lado esquerdo, estando 2 secas


- ao km 25 há um bonito campo mesmo ao lado da auto-estrada e o agricultor usa chapéu


Pensava para mim… Como nunca reparei em tudo isto e tão próximo de nós…


- ao km 28 há um placard a anunciar um aluguer de um armazém com 1750 m2


- ao km 35 é o local escolhido para 20( ou seriam 21?).., ovelhas para andarem a pastar


- ao km 37,5 existe um lindo portão em ferro pintado de verde, mesmo ao lado da auto-estrada


- ao km 48 há umas obras, onde os senhores que lá estão parecem estar a trabalhar ( não posso garantir porque não vi nenhum a trabalhar )


- ao km 56,3 ultrapasso pela 1ª vez um carro, neste caso, um camião já bastante usado


- ao km 66 saio para Santarém


Obrigado BT por me teres apanhado a 162 km e agora não me deixares andar a mais de 120 e assim poder conhecer melhor este país…

publicado por 123de4 às 21:11
link do post | comentar | ver comentários (39) | favorito
|
Terça-feira, 25 de Janeiro de 2005

Sem destaque

25/01/01 – 123de4 nas orelhas do mundo.


Blog a 2 mãos ( as minhas ), um homem e nenhuma mulher chamada Mariana, o que é um péssimo sinal.


A citação que se pode encontrar neste Blog e que não é de Rousseau, como devidamente assinalado, não o explica minimamente, e nem esse era o objectivo.


Já tínha visitado este Blog ( que remédio…para minha desgraça é o meu… ), e já o tinha considerado não merecer qualquer destaque.


O facto de não ter sido referido na revista Visão de 13/01, fez com esse não destaque se confirmasse, apesar do autor do mesmo ter insistido bastante para, pelo menos, ser referido nem que fosse como publicidade paga


Neste Blog não encontra opiniões, nem comentários.


Apenas reclamações de alguns bloguistas que por engano ali vão ter


Tem um ritmo de actualizações que considero que esteja no mínimo admissível e suficientemente lento para não incomodar a digna blogosfera em que está inserido


Recomendo vivamente este Blog para quem usa o humor de modo a o poder suportar minimamente

publicado por 123de4 às 21:27
link do post | comentar | ver comentários (36) | favorito
|
Sábado, 22 de Janeiro de 2005

Fotografia V - A escolha do ângulo

Um dos cuidados ao fotografar é a escolha do ângulo para se obter a imagem com o melhor enquadramento possível


É importante que o que se pretende fotografar, seja visível, não devendo nunca ficar fora da imagem


Por vezes a procura do ângulo demora tanto a encontrar, que a imagem pretendida já não é possivel obter, ou porque a rapariga que se pretendia fotografar já casou e foi embora, ou porque o edifício entretanto ruiu, ou os passarinhos já emigraram


Há vários tipo de ângulos possiveis


 - agudos


 - rectos


- obtusos


- rasos


- giros


Os agudos são mais utlilizados em casos críticos, em situações mais dificeis


Os rectos deveriam ser os normalmente usados, mas nem sempre tal acontece, apesar de serem aqueles que transmitem mais fielmente a realidade


Os obtusos utiliza-se para obter imagens antigas e ultrapassadas


Os rasos são normalmente ulitilizados por os que não têm ainda patente, ou por quem não ande de saltos


Os giros, são utilizados por muitas pessoas, nem sempre pelos motivos mais evidentes, ou talvez não...


Para quem tenha dificuldades em encontrar o ângulo, sugere-se a utilização de um transferidor..

publicado por 123de4 às 22:15
link do post | comentar | ver comentários (29) | favorito
|
Terça-feira, 18 de Janeiro de 2005

Fotografia IV - A importância e condicionantes dos dias

1. O dia limita as opções de uma fotografia. De dia não é possível tirar fotografias nocturnas


2. Durante o dia é maior a probabilidade de se tirar uma fotografia a uma senhora gorda com o cesto das compras e o cão pela trela, quando se pretende tirar uma fotografia a uma sueca que está se a servir de uma montra para ver se está bem arranjada


3. O dia faz com que os gatos sejam de várias cores, em vez de serem pardos


4. O dia faz com que seja aumentada a probabilidade de ser atropelado antes de se tirar uma fotografia ao Marquês de Pombal, no meio da Av. da Liberdade, junto aos Restauradores


5. O dia obriga a que se tire só fotografias ao lado direito da estátua de D. José, pela manhã e à parte esquerda do mesmo pela tarde. Não permite que se inove

publicado por 123de4 às 23:38
link do post | comentar | ver comentários (19) | favorito
|
Segunda-feira, 17 de Janeiro de 2005

Fotografia III - Como tirar uma fotografia

1. Identificar o que se pretende


2. Escolher a hora


3. Verificar o melhor ângulo


4. Calcular correctamente a distância


5. Verificar se não aparecerá alguém a se intrometer


6. Garantir que não aparecerá qualquer animal indesejado


7. Ensaiar antes de a tirar na realidade


8. Confirmar, se no entretanto, o que se pretende tirar, ainda está como ensaiado


9. Ginasticar os dedos, com leves movimentos das articulações


10. Finalmente...


11. Tirar a fotografia pretendida


12. Ter o cuidado de não a sujar, quando se a agarra com o polegar e o indicador, do local onde se encontrava.....

publicado por 123de4 às 00:07
link do post | comentar | ver comentários (16) | favorito
|
Sexta-feira, 14 de Janeiro de 2005

A viagem

Quase por brincadeira, num grupo de amigos, tinham decidido ir à Suiça nesta época


 Já todos tinham ouvido contar histórias dessas idas e era uma ideia que acompanhava a Filomena há algum tempo


O Augusto ficara encantado com a decisão e tratou logo de ver como seria a melhor maneira para lá ir


A gulosa da Mariana já só pensava nos chocolates que iria comer


Tinha pena de o marido não poder ir, mas tinha umas reuniões importantes nessa época a que não poderia faltar, pensava a Filomena


 Houve 4 que preferiram ir de carro, porque queriam aproveitar a viagem para ir visitar um amigo comum que já não viam há anos


Se não vamos todos juntos, disse o Augusto, prefiro ir de comboio, sempre é mais seguro!


Não faz mal, pensou a Filomena, o importante era todos chegarem bem e lá se encontrarem


O dia aproximava-se e a ansiedade ia aumentando.


Ainda nem tinha pensado na roupa que iria levar. Não gostaria que o tempo estivesse chuvoso e enublado


Na véspera dera os últimos recados ao marido para ele não se esquecer de nada Finalmente o dia chegara.


Mais algumas horas e estaria na Suiça, um sonho que se iria concretizar


Deu uma última volta pela casa. Abriu novamente a sua mala para ver se não se tinha esquecido de nada .Bem sabia que era por pouco tempo, mas sempre falta alguma coisa que depois se precisa


O marido não a podia levar, pois sendo uma quarta-feira, tinha uma reunião com chineses que era de uma grande responsabilidade


Na despedida, tinha dito para ela ter cuidado, para lhe ligar quando chegasse e que queria que ela se divertisse muito


O dia estava bonito, reparou a Filomena, enquanto saía de casa . Tinha algum receio das viagens com mau tempo..


Não me posso de esquecer de ligar para o João mal chegue, pensou a Filomena, ele fica tão preocupado...


E assim fez..


- João...já cheguei, morznho..


- Mena..Nunca mais dizias nada.. Estava preocupado. A viagem correu bem?


- Correu muito bem, morzinho e foi um instante. E nem fiz confusão com as portas de saída


- Ainda bem.. Encontraste-os logo? Estavam à tua espera?


- Foi fácil. Vi-os logo que saí... Mal tinha dado dois passos da saída do metro do Rossio, vi-os encostados à montra da pastelaria Suiça

publicado por 123de4 às 15:21
link do post | comentar | ver comentários (14) | favorito
|
Quinta-feira, 13 de Janeiro de 2005

Fotografia II

Realmente as fotografias são muito belas e fazem-nos recordar...


Por acaso tenho uma fotografia enorme pendurada na parede...


Sempre que olho para ela... recordo...


O enorme buraco que a parede tem atrás da fotografia e que tive de o tapar assim

publicado por 123de4 às 22:56
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Quarta-feira, 12 de Janeiro de 2005

Fotografia I

Eu gosto muito de fotografias.


As fotografias são muito bonitas


No tempo dos meus avós as fotografias eram pequeninas e a preto e branco


Agora, já há mais dinheiro e já se fazem fotografias maiores e a cores


Ainda há uns senhores pobrezinhos que não têm dinheiro e tiram fotografias a preto e branco


Antigamente as fotografias eram artísticas...o papel delas era recortado nas extremidades.


Eu não gosto dessas, pois já me cortei uma vez, e a fotografia ficou colorida com o encarnado e a minha avó não gostou.


 Ela não gosta de fotografias a cores


Nunca percebi porque a fotografia fica de um lado do papel e não do outro.


Eles até parecem iguais


As Fotografias são muito bonitas


Eu gosto muito de fotografias

publicado por 123de4 às 11:46
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Sábado, 8 de Janeiro de 2005

O Perú...

A meados de Dezembro tinha ouvido o Sr. António a dizer para o filho Manuel que depois do Fim do Ano poucos perús ficariam, pois estava a haver uma grande procura para essa época


O perú, cansado do Sr. António e mais o seu filho desajeitado que constantemente o agarrava, pensou com os seus botões como poderia ser um dos eleitos.


Sempre tinha querido conhecer novos lugares, novas experiências, sentia que tinha capacidades de ir mais além do que permanecer com o Sr. António.


Bem sabia que era velho, mas estava disposto a novas aventuras Limpou-se o melhor possível, retocou algumas penas e voltou a ter um brilho que há muito não tinha.


Tinha de agradecer a preciosa ajuda da Dª Mariana, que era uma senhora que ajudava a tratar dos animais ao Sr. António.Já a tinha visto tratar dos bezerros, das ovelhas e de outros animais


Sem dúvida que seria um dos eleitos!


O Natal já tinha entretanto passado e, apesar de ouvir o Sr. António a dizer que já estava cansado de tantas entregas, ele ali continuava


No noite do Fim do Ano, o filho do Sr. António, o Manuel dirigiu-se a ele.


 Finalmente tinha chegado o grande momento!


Com um pouco de boa vontade, até se poderia dizer que por breves instantes tinha sorrido.


Manuel pega nele e ele nem respira com a emoção que dificilmente contém


-Pai, para onde levo o perú?


 - Acho melhor que o tires daí antes que a avó Eduarda cá chegue, pois sabes que ela não iria achar graça nenhuma em termos um perú no presépio - foram as últimas palavras que ouviu durante a queda e antes de se espalhar em cacos no chão, pois o Manuel desajeitado tinha-o largado da mão ao se tentar equilibrar depois de ter tropeçado numa cadeira da sala de jantar

publicado por 123de4 às 18:06
link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito
|
Sexta-feira, 7 de Janeiro de 2005

A começar...

É o que estou a fazer.


Não sei por quanto tempo.


Nem isso me interessa por agora.


Quando era pequeno também queria ser ambulância e ainda não sou.


E isso também não me interessa por agora

publicado por 123de4 às 17:19
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Hoje passei

. Ena que sensação...

. As voltas que a vida dá.....

. REABERTURA EM BREVE

. ...

. No Shopping

. Barcelona

. Evolução

. Sosufnoc

. As emoções de uma primeir...

.arquivos

. Setembro 2012

. Outubro 2009

. Maio 2007

. Agosto 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Outubro 2005

. Julho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

.tags

. todas as tags

.música

.fazer olhinhos

.links

.Estatisticas