Quarta-feira, 30 de Março de 2005

Não devem ter reparado...

Que não tenho andado por aqui.


Lá estou eu com a mania que alguém ainda passa por este Blog...


E é para não ser confrontado com essa triste realidade que nem coloco um contador, apesar do Café meu vizinho me pagar duas bicas por dia se eu colocasse o logotipo deles no caso de ter mais de 4 vistas por semana


Mas isso pouco tem a ver com a razão deste post


A razão dele, por acaso... pensando bem... nem é a dele, é a minha


É que se não ando por aqui, é porque ando por ali, pois andar é muito saudavel ( a minha avó ouviu isto há cerca de 130 anos, quando o Prof. Fernando Pádua se tinha acabado de licenciar )


E como quando ando por ali, não posso andar por aqui.. ( até já tentei, mas acabei por não andar em lado nenhum e cansei-me muito..)


Só posso dizer..


Vou ali e já volto!

publicado por 123de4 às 11:26
link do post | comentar | ver comentários (27) | favorito
|
Terça-feira, 22 de Março de 2005

Vou arriscar

Este post sai completamente fora do meu habitual, mas mesmo assim arrisco


E tudo isto porque ouvi na rádio, penso na TSF, que o Vaticano pedia a alguns padres e bispos para rezarem pelo Papa.


Se a hora do Papa está a chegar, penso, que para o Vaticano, é por vontade de Deus.


O estarem a pedir para se rezar pela saúde do Papa, parece-me que estão a querer contrariar a vontade de Deus, o que me confunde um pouco


Certamente haverá muitas pessoas que terão outras interpretações e raciocínios.


 Gostava de saber

publicado por 123de4 às 19:09
link do post | comentar | ver comentários (42) | favorito
|
Sexta-feira, 18 de Março de 2005

A minha terra

Este meu post vem a prepósito de um outro que li no Blog dos Golfinhos há uns tempos, em que se referiam à aldeia onde vivem.


Nessa altura até escrevi no comentário que era uma boa ideia e que provavelmente também iria escrever acerca da minha terra


E cá estou eu!


Na minha terra a escrever acerca dela


Não sei o que ela vai pensar, mas eu vou escrever o que penso dela


Para já, considero-a uma terra sortuda por eu ter nascido e viver nela há já alguns anos, apesar das diversas tentativas e convites que tive para mudar , mas por um motivo ou por outro fui ficando por aqui...


Nem todas se podem gabar do mesmo, pensando um pouco, até parece que mais nenhuma...


Não é que não gostasse de experimentar ir viver para outro lado mas, aqui eu já sei com o que conto, como se costuma dizer


Já conheço os vizinhos, que por acaso são espanhois, e até acabamos muitas vezes por nos visitarmos


Claro que não é uma terra perfeita, mas nesse caso seria o paraíso, e eu ainda não estou nessa fase...


De vez em quando até os jornais se referem a ela. Na minha opinião até deveria ser mais vezes, mas há quem pense que os que os ministros dizem ou não dizem é mais importante que ela, pelo que é muito raro haver alguma notícia acerca dela


Por acaso, muito recentemente até falaram dela por causa da falta da água, mas só mesmo por isso.


Como o meu forte não é colocar fotografias... quem a quiser conhecer, basta passar por aqui...

publicado por 123de4 às 18:05
link do post | comentar | ver comentários (46) | favorito
|
Sexta-feira, 11 de Março de 2005

Eu bem sabia...

Foi só eu prometer no meu post anterior que não colocaria mais comentários no Devaneios que ele reapareceu quase de imediato..


Escrevi o meu anterior post por volta das 15 e por volta das 17 lá aparece um post no Devaneios...


Sinto-me tão culpado por esta ausência...


Não tarda estão aqui no meu Blog todos os admiradores do Devaneios a me criticarem ou a tentar me apedrejar, por ter sido eu o responsável pela suspensão do Devaneios...


O melhor é não aparecer por aqui este fim de semana, até que as pedras caiam todas ao chão..Depois é só ter o cuidado de não tropeçar nelas e cair...

publicado por 123de4 às 19:02
link do post | comentar | ver comentários (40) | favorito
|

Quem me atura mais...

Desde há cerca de 3 meses que ando aqui pelos Blogs


Apareci com o meu e comecei a visitar alguns


Ninguém me disse para os visitar, mas também ninguém me disse para os não visitar e comentar ( pelo menos até agora... )


Conhecendo-me como sou... ( por acaso, desde que nasci ) tento por vezes imaginar a angústia e a ansiedade com que alguns dos Bloggers vão ver os comentários aos seus posts com o receio de eu mais uma vez ter lá deixado algum.


O facto, é que até agora nunca apagaram um comentário meu, ou me transmitiram para eu dar uma volta e não passar por lá mais, o que estranho bastante, pois normalmente os meus comentários não se enquadram muito ( estou a ser simpático para comigo... ) com os restantes..


Para que isso tenha acontecido, só vejo 123de4 razões...


1. Não lerem os comentários que se coloca


2. Considerarem que a vida é feita de sacrifícios e os meus comentários são um deles..


3. Pensarem que o suportar os meus comentários os pode levar ao céu. A esses, posso desde já dizer que me podem proibir de imediato, pois só o terem pensado isso, certamente que já estão no céu


4 Pensarem que apesar de tudo nem é assim tá má a minha presença, pois se eu fosse colega de trabalho ou amigo seria uma situação muito pior e teriam de me aturar muitas mais vezes


Por estas ou por outras razões, a verdade é que devo fazer um reconhecimento público de quem mais me tem aturado e, por isso, coloquei aquela lista ali ao lado esquerdo no Blog . Aos que ainda não me aturam muito..posso lhes gabar a sorte, mas de um momento para o outro posso começar a vos deixar comentários...Aproveitem este momento de sossego...


Essa lista tem também uma outra finalidade, que rapidamente explico. Aqueles que até agora nada tenham manifestado contra a minha presença por timidez ou alguma inibição em o afirmar publicamente, podem se uma forma bem discreta, colocar uma cruzinha ao lado do nome do Blog deles que eu perceberei e não mais comentarei lá. ( apercebi-me agora que não dá para colocar a cruzinha, mas paciência... )


Sei que é mais fácil colocar uma cruzinha do que afirmar publicamente, pois caso contrário o Santana não teria tido tantos votos como teve...


Até agora não tenho me apercebido de que tenha sido uma má influência nos Bloggers onde deixo comentários, à excepção de ter colocado 17 meninos a pensar que as nuvens brancas são assim por as bolinhas de sabão lá terem ido parar e as terem lavado, e dois dos Blogs que eu tanto gostava de visitar, terem sido suspensos pelos seus autores, o Iluminado e pior ainda o Devaneios ...


Às autoras do Devaneios faço um apelo .. Regressem, que eu não torno a lá colocar comentários! Não era motivo para terem suspendido o vosso Blog.. não desiludam a vossa multidão de admiradores...


Quanto ao Finúrias , bem me pode ameaçar de mandar para a Quinta das Celebridades, mas ou coloca uma cruzinha..ou me diz explicitamente para eu não lá comentar mais.., ou vai ter de continuar a me aturar..


E aqui fica registado o motivo que me levou a colocar aquela lista provisória, porque mais alguns merecem lá estar..

publicado por 123de4 às 15:13
link do post | comentar | ver comentários (22) | favorito
|
Sexta-feira, 4 de Março de 2005

Fobias...

Alberto andava triste e preocupado


Agora que era o que sempre tinha querido ser, é que se apercebeu que sofria de claustrofobia, e que provavelmente teria de escolher outro destino


Alberto olha para o relógio e repara que está atrasado para a consulta do médico


Em passo acelerado dirije-se para o metro, que acaba por ser a maneira mais rápida de andar em Lisboa.


Durante a viagem pensa mais uma vez como lhe podia ter acontecido aquilo. Sofrer de claustrofobia...


Ainda tentou uma vez mais ler uns artigos acerca disso, mas como eram 18 horas o metro ia muito cheio e não os conseguia ler em condições.Preferiu ficar a olhar para as diversas estações que iam aparecendo


Saiu na estação dos Restauradores e quase que foi empurrado de novo para dentro por todos aqueles que queriam entrar na carruagem. Sorriu ao pensar como as pessoas quase se espezinham nestas situações


Subiu pelas escadas até à superfície, no meio da multidão, notando perfeitamente, que algumas vezes era empurrado escadas acima


Ao entrar no prédio onde o médico tinha o consultório, reparou que o velho elevador estava cada vez mais estragado.


Notava-se que tinha sido um aproveitamente do espaço entre as escadas, pelo que o elevador era muito pequeno e daria para 3 pessoas já bem apertadas.


Entrou, e antes que conseguisse fechar as portas, entraram mais 3 pessoas.. parecia uma sardinha mais uma vez, pensou ele, enquanto o elevador subia vagarosamente.


De repente, o elevador pára e a luz apaga-se. Mal se podem mexer. O casal de idosos, que entrara, começa a gritar para ver se alguém os tira de lá. Calmo, o Alberto, alerta que o melhor é esperarem um pouco, pois pode ter sido uma quebra de energia. O neto do casal começa a chorar.Alberto com dificuldade, consegue tirar um rebuçado da algibeira e dá ao pequeno que se cala num instante. Passados uns momentos a luz liga-se de novo e o elevador recomeça a subir


Para se tentar justificar ao médico pelo atraso, conta a sua aventura do metro e do elevador.


O médico, espantado, diz que tendo tido esse comportamento, que é impossível ele sofrer de claustrofobia, pois se assim fosse, teria entrado em histeria no elevador e não teria suportado a viagem do metro nas condições em que a fez.


Alberto, diz que não.. que não é imaginação sua, apesar de não apresentar os sintomas que o médico referiu.


O médico, manda-o de novo embora e que ele não tem nada, nem sofre de claustrofobia nenhuma. Tomara o médico que todos os doentes dele, mesmo os das gripes ou os com reumatismo, que aguentassem tão bem uma situação daquelas no elevador


Resignado, Alberto sai do consultório e dirige-se para os seus aposentos.


Como consegue ele convencer alguém que sofre de claustrofobia?..


Ele sabe e sente que sofre, embora as pessoas e mesmo os médicos não acreditem nele...


Fica pensativo, no seu quarto..


Ouve o sino tocar para a missa e resolve ir


Ao atravessar o claustro do convento onde vive, desata a gritar e a correr desalmadamente... Nunca conseguiria passar por aquele claustro...


Não era tão evidente que sofria de claustrofobia, pensou ele...

publicado por 123de4 às 17:14
link do post | comentar | ver comentários (46) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Hoje passei

. Ena que sensação...

. As voltas que a vida dá.....

. REABERTURA EM BREVE

. ...

. No Shopping

. Barcelona

. Evolução

. Sosufnoc

. As emoções de uma primeir...

.arquivos

. Setembro 2012

. Outubro 2009

. Maio 2007

. Agosto 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Outubro 2005

. Julho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

.tags

. todas as tags

.música

.fazer olhinhos

.links

.Estatisticas