Sexta-feira, 31 de Março de 2006

Evolução

Por vezes dou em mim a reflectir na evolução da espécie

Como tem sido essa evolução e como nos temos transformado ao longo dos anos.

Essa transformação resulta de uma melhor adaptação ao meio ambiente e assim aqueles que inicialmente se poderiam considerar uns desvios, são os que permitem manter a espécie

Penso que muitos desses desvios podem resultar de cruzamentos de espécies não inicialmente previstos e que com a combinação dos genes, permite estes sobreviver, enquanto que as espécies iniciais acabam por não resistir e acabam por restar alguns exemplares que depois todos os querem tentar preservar a todo o custo ou acabam mesmo por desaparecer

Tudo isto, porque sempre aprendemos que essa evolução demora séculos e séculos, e não nos damos ao trabalho de pensarmos nela

No entanto penso que algumas mutações se realizam mesmo defronte dos nossos olhos e nós nem reparamos

Penso isto sempre que vejo um semáforo.

Ninguém me convence que ele não é o resultado de um de um cruzamento não previsto de um polícia sinaleiro e de uma árvore de natal com aquelas luzinhas todas..

Estando tanto o policia sinaleiro e as árvores de natal verdadeiras em vias de extinção..

É assim a evolução da espécie...

Crua para quem não sobrevive e dando origem a novos exemplares...

 

publicado por 123de4 às 12:46
link do post | comentar | ver comentários (14) | favorito
|
Quinta-feira, 23 de Março de 2006

Sosufnoc

Rop sovitom ed edadeiradilos moc so sreggolb euq es metnes sodahlarab e sosufnoc moc a avon amrofatalp, iuqa o eum otsiger

 

Arap mim éta iof mob, siop éta iugesnoc euq golb essacif mu ocuop moc roc..

 

Acnun sov ahnit otid adan, sam éta ieugehc a raecer euq ele ed oãt odilap essevitse etneod..

 

E missa ád arap rev omoc es acif odnuaq es artnocne odut oa oirartnoc..

publicado por 123de4 às 14:21
link do post | comentar | ver comentários (16) | favorito
|
Sexta-feira, 17 de Março de 2006

As emoções de uma primeira exposição

Carla andava numa correria de um lado para o outro

Finalmente era a sua primeira exposição e queria que nada corresse mal

Andava super satisfeita, com um ar tão sorridente que facilmente se depreendia que tudo estava a correr bem

Como não era muito conhecida, permitia-se com um ar de quem nada tem a ver com aquilo, ouvir o que as outras pessoas diziam acerca das pinturas expostas

- Esta combinação de cores realça as formas desenhadas

- O traço tão depressa é forte, como se esbate com uma leveza digna de um mestre

- Que força tem este quadro, não me canso de o admirar

Tinham sido algumas das muitas frases elogiosas que tinha ouvido, algumas delas de críticos de arte

Sentia-se como uma menina meia sem jeito

Por um momento lembrou-se como tinha sido difícil estar ali. O que ela  lutara e quase pedinchara para lhe darem essa oportunidade

Ainda na véspera apesar de tudo combinado, acordara com o receio de algo falhar

Parada no meio de uma das salas, olhava para os quadros e para as pessoas que por ali andavam

Estava absorta, como que nas nuvens

De repente ouve uma voz familiar, que se lhe dirigia em tons muito carinhosos:

- Parabéns Carlinha, tudo correu bem

Saiu das nuvens, virou-se e viu os seus pais

Satisfeita, abraçou-os, fortemente, com uma pequena lágrima a saltar dos olhos

Passados uns instantes, ouve de novo a mãe a lhe dizer:

- Estamos muito satisfeitos contigo, minha filha. Agora vamos para casa

- Já?, perguntou ela, com ar meio desolada

 - Sim.. Temos de ir embora agora..

- Ó mãe.. Ó pai.. Têm mesmo de ir já?...

 - Anda lá, Carlinha... Vamos lá passar pela gelataria para te dar o gelado por teres te portado bem e depois ainda tens de fazer os deveres . Estamos muito satisfeitos do modo como te portaste na tua primeira vinda a uma exposição.. nem correste atrás dos outros meninos, nem fizeste riscos nos catálogos...

publicado por 123de4 às 21:44
link do post | comentar | ver comentários (17) | favorito
|
Quinta-feira, 9 de Março de 2006

Emoções, reacções e outras considerações...

Fernando, ao fim de tantos anos, conseguira ter um perfeito domínio de si e, nunca o seu ar, seu olhar ou qualquer outra reacção transmitia o que ia na sua alma

 

Não pensem que ele era algum bloco de gelo ou que não tinha emoções ,nada disso, apenas considerara que assim não poderia ser manipulado pelos outros, se estes nunca entendessem o que ele sentia. Manipular talvez seja exagerado mas, assim sabia que os outros não poderiam usar contra ele os seus sentimentos ou reacções, ou aproveitarem-se de tal

 

A vida dele tinha sido de negociante e, recordava-se muitas vezes de situações em que ele, aflito por comprar algo, conseguia fazer um ar de quem estava a desdenhar e com pouco interesse, conseguindo assim baixar o preço da mercadoria

 

Mesmo em situações de imprevisto raramente o apanhavam com ar de surpreso ou de boca aberta

Fora essa a sua maior arma na sua vida de negociante

Tinha servido de lição a última vez que o tinham apanhado assim, e desde logo tudo fizera para que não mais acontecesse e assim tem sido

 

Fora sem dúvida um dia negro na sua vida, e tinha a perfeita noção como fora usado quando motivado pela surpresa da situação tinha ficado de tal forma ,que tinha aberto a boca de espanto

 

Ainda hoje não se esquecera desse fatal dia que tinha transformado por completo a sua vida...

 

O dia em que abrira a boca ao seu dentista e este lhe arrancara os dentes e lhe colocara uma placa dentária...

sinto-me: completamente123de4
publicado por 123de4 às 19:17
link do post | comentar | ver comentários (29) | favorito
|
Terça-feira, 7 de Março de 2006

Será que isto...

Confirmei..é o meu blog que está diferente...

Todo o resto do mundo continua na mesma..até eu...

Está tão diferente, que nem sei bem o que fazer com ele

Esperem... parem.. eu já venho...

Não demoro nada, e acho que é melhor assim...

 

Até já!

música: Lisa Ekdahl vem vet
publicado por 123de4 às 19:44
link do post | comentar | ver comentários (25) | favorito
|
Sábado, 4 de Março de 2006

Mas...

O que se passa?...

Onde afinal é que estou??...

E onde estão as minhas letrinhas azuis?...

É impressão minha , ou  ali em cima está um sapo?..

Um?..se fosse 123de4.. mas agora um??

Bem me tinha prevenido que isto de deixar de fumar poderia ter algumas consequências..mas destas assim nunca pensei..

E só não fumo há 3 semanas.. o que me acontecerá ao fim de 3 meses?..

Devo estar mas é a sonhar e mais logo quando acordar, tudo estará na mesma...

sinto-me: muito desconfiado...
publicado por 123de4 às 14:54
link do post | comentar | ver comentários (50) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Hoje passei

. Ena que sensação...

. As voltas que a vida dá.....

. REABERTURA EM BREVE

. ...

. No Shopping

. Barcelona

. Evolução

. Sosufnoc

. As emoções de uma primeir...

.arquivos

. Setembro 2012

. Outubro 2009

. Maio 2007

. Agosto 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Outubro 2005

. Julho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

.tags

. todas as tags

.música

.fazer olhinhos

.links

.Estatisticas