Quinta-feira, 23 de Fevereiro de 2006

Acontece...

Nem sei bem como isto aconteceu.


É que não estava mesmo à espera


Mas na verdade, se repararem bem, muitas coisas que nos acontecem não as esperamos, e outras que se espera nem sempre se consegue, ou então já é tarde demais e já não vale a pena


Comigo aconteceu uma situação assim


Estava eu muito sossegado a olhar para um edifício a pensar como o iria trepar ( ainda sou inexperiente nestas andanças…) quando ela veio ter comigo...


Para ser franco, no início até pensei que nem fosse comigo, mas olhando à volta reparei que não estava mais ninguém


Lá estava ela, parada, mesmo à minha frente, olhando fixamente, com uns olhos meigos


Pelo sim, pelo não, como sou distraído, olhei de novo para trás de mim..mas estávamos naquele momento completamente sozinhos


E lá estava ela, segura, tranquila, toda de preto, como à espera de uma reacção minha


Bem.. já que assim era…que seja, pensei eu..o que tem de ser tem muita força..


Dei um passo na sua direcção, ainda surpreendido, mas para minha admiração ela nem desapareceu ( costuma acontecer isso quando estou a sonhar e acordo de repente ) , tendo até sorrido , deixando-me um pouco sem saber o que fazer..


E mais fiquei sem saber o que fazer enquanto ela avançava determinada na minha direcção com um ar extremamente bamboleante, que realçava bem todas as suas curvas…


As suas pernas eram extraordinariamente bem feitas, todo o seu corpo irradiava sensualidade, a pele tinha uma leve penugem sedosa e eu fiquei estarrecido, impávido e sereno, à espera ….


...O que aconteceu a seguir não tem descrição possível…


...Deixo à vossa imaginação …


E foi assim que conheci a minha namorada, disse o aranhiço aos seus amigos...

publicado por 123de4 às 00:20
link | comentar | favorito
29 comentários:
De Anónimo a 23 de Fevereiro de 2006 às 15:08
Um verdadeiro cou de foudre. Ainda acontece!
Bjs
Jojo
(http://ecosdotempo.blogs.sapo.pt)
(mailto:mjoaojara@sapo.pt)
De Anónimo a 23 de Fevereiro de 2006 às 11:27
Casaram, tiveram muitas aranhinhas e foram felizes até que alguém os esborrachou.

José S.
(http://ruadobeco.blogs.sapo.pt)
(mailto:jgjs2@sapo.pt)
De Anónimo a 23 de Fevereiro de 2006 às 11:09
Até as aranhas têm direito ao amor!!Que lindo! lolelisa
(http://silenciofala.blogspot.com)
(mailto:elisaantunes@iol.pt)
De Anónimo a 23 de Fevereiro de 2006 às 09:58
às tantas ela é uma espiã disfarçada, às tantas anda a investigar as actividades ilícitas do aranhiço... bem, se ele quer morrer na teia q teceu... problema dele! ;)eco de mim
(http://www.blogger.com/profile/9680507)
(mailto:eco_de_mim@portugalmail.pt)
De Anónimo a 23 de Fevereiro de 2006 às 09:44
E eu a pensar que esse ela era um cigarro , pois como o aranhiço tinha deixado de fumar..mas afinal não! era uma aranhiça que bem calhando tinha um cigarro na mão e procurava fogo e claro o aranhiço machão por excelência atirou-se logo, foi fogo posto e arrasaram tudo que nem as paredes aguentaram...

Miauuuu ( não sou aranhiça , sou gata e arranho cuidado..)

:-))Flor
(http://flordojardin.blogspot.com/)
(mailto:)
De Anónimo a 23 de Fevereiro de 2006 às 09:01
Citando V.Exa., nem tudo o que parece é ;) E se assim não fosse...aflores
(http://omeublog2004.blogs.sapo.pt)
(mailto:albertoflores1957@sapo.pt)
De Anónimo a 23 de Fevereiro de 2006 às 01:58
oie 123de4 :)) fiquei mui séria no inicio, epah tipo istarrecidia e assim, como no final dizes q fica á nossa imaginação, eu dei um cadinho de cuntinuidade topas?? do meu jeito craro ;)) "...óspois ela ía se apróximando mais e mais té q parou e oyou cum o seu oyar mais profundo e saltou pa mim beijando me a mão q a acariciaba, afastei-a pruke tava mui próxima e disse lhe: senta..." :)))))))))))))))))))))))) diz me o nome da bixinha dizes?? lololol...sorry mas a minha imaginação num deu pa mais, tauveix pelo abançado da hora...ihihihihi...ah e assim como km num ker a coisa, aprubeito tumem pa te cumbidar a bisitares o meu nobo cantinho ;))xinhuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuus pa tu da luaSandra
(http://lua-mizade3.blogspot.com)
(mailto:juxana@clix.pt)
De Anónimo a 23 de Fevereiro de 2006 às 01:44
Dezasseis patas se entrelaçaram...:-)E teve muita sorte...olha se ele fosse alérgico à penugem...:-)Sim, porque a rinite também chega aos aranhiços...e quando ele estivesse...quase...quase...mas mesmo quase...a chegar lá...:-) Lá vinha a empata da rinite...:-)E quanto mais ele espirrasse mais as patas se entrelaçavam...e ao tentar desentrelaçar as patas....pimbas...lá saía uma pata disparada contra o canto direito do olho esquerdo da namorada...Ok...vou-me embora senão isto ainda acaba em tragédia...:-)Tchau...tchau...beijinhosdelta
(http://deltacat.blogs.sapo.pt)
(mailto:deltacat@sapo.pt)
De Anónimo a 23 de Fevereiro de 2006 às 01:09
só espero que não tenha sido a viúva negra...tadito do aranhiço!saltapocinhas
</a>
(mailto:)

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Setembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Hoje passei

. Ena que sensação...

. As voltas que a vida dá.....

. REABERTURA EM BREVE

. ...

. No Shopping

. Barcelona

. Evolução

. Sosufnoc

. As emoções de uma primeir...

.arquivos

. Setembro 2012

. Outubro 2009

. Maio 2007

. Agosto 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Outubro 2005

. Julho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

.tags

. todas as tags

.música

.links